Uma breve apresentação

Com longa tradição em cursos de Pós-Graduação, a Universidade de Brasília (UnB) mantém Programas de Mestrado e Doutorado stricto sensu em diferentes áreas de conhecimento, consolidados e reconhecidos nacional e internacionalmente. Em 2015, foi criado o Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências (PPGEduC, UnB) com o curso de Doutorado. O Programa foi criado pelos Institutos de Química (IQ), de Física (IF), de Ciências Biológicas (IB) e pela Faculdade UnB Planaltina (FUP), mas também conta com professores da Faculdade de Educação (FE). 

O curso de Doutorado Acadêmico em Educação em Ciências surgiu em continuidade com o Mestrado Profissional em Ensino de Ciências. Nosso doutorado foi o primeiro a ser aprovado na região Centro-Oeste, onde há uma grande demanda pela qualificação de formadores de professores nas Universidades, Faculdades e Institutos Federais. A partir de 2021, o PPGEduC passou a oferecer, também, um curso de Mestrado Acadêmico em Educação em Ciências.  

Tanto o mestrado quanto o doutorado estruturam-se em uma única Área de Concentração, Educação em Ciências, organizada em três Linhas de Pesquisa: 

  • Educação Científica e Cidadania; 
  • Formação de Professores de Ciências e 
  • Desigualdades, Lutas e Políticas da Educação Científica. 

Articulação entre estrutura e objetivos 

O programa tem como princípio fundamental a coerência e a aderência entre área de concentração, estrutura curricular, linhas e projetos de pesquisa. Além disso, o programa tem se mantido atualizado nas tendências da educação em ciências no Brasil e no exterior. Apresenta um forte compromisso de inserção social de suas pesquisas, voltada para as demandas da educação brasileira, buscando atender às metas da Educação Básica em consonância com o Plano Nacional de Educação (PNE). Somente são admitidos docentes com produção intelectual robusta e com aderência às linhas de pesquisa do programa. 

Merece destaque o fato de que o programa está em constante atualização. Ao longo dos últimos quatro anos foram criadas diversas disciplinas novas. Recentemente, foram admitidos 7 (sete) novos membros permanentes. A estrutura curricular foi reformulada, criando-se novas disciplinas de formação geral para os cursos de mestrado e doutorado. Além disso, foi aberta a terceira linha de pesquisa do programa (Desigualdades, Lutas e Políticas da Educação Científica). 

Corpo discente 

O PPGEduC objetiva formar mestres e doutores de elevado nível, que possam atuar como pesquisadores autônomos, comprometidos com o exercício do ensino, da pesquisa e da extensão, bem como com a construção e a difusão do conhecimento em Educação Científica. Todos devem receber uma formação sólida e abrangente na área de Ensino de Ciências. Os egressos doutores devem ser capazes de atuar como formadores de professores, tanto como docentes em cursos de graduação e pós-graduação no campo da Educação em Ciências, quanto em programas e ações de formação contínua oferecidos pelos sistemas e instituições de ensino em todos os espaços de Educação Científica.   

A infraestrutura do programa pode ser considerada adequada para desenvolver todas as atividades de ensino, pesquisa, extensão e gestão previstas. A saber, o curso conta com cinco laboratório de pesquisa especializados: (1) Laboratório de Pesquisas em Ensino de Química (LPEQ); (2) Núcleo de Educação Científica (NECBio); (3) Laboratórios de Didática do Ensino de Física (LADEF); (4) Laboratório de Pesquisa em Ensino de Ciências (LPEC); e (5) Laboratório de Educação e Comunicação Comunitária (LECOM). Juntos, eles encerram uma área útil de aproximadamente 900 metros quadrados. 

Corpo docente 

Em sua maioria, os docentes têm dedicação exclusiva ao programa, orientando alunos e ofertando disciplinas regularmente. Contamos com diversos docentes permanentes, todos com título de doutor e dedicação prioritária às atividades do PPG. Os membros permanentes do programa estão vinculados a grupos de pesquisa certificados no CNPq, têm produção intelectual relevante e atuam fortemente em cursos de Licenciatura em Física, Química, Biologia, Ciências da Natureza e Pedagogia. 

Contamos com um corpo docente altamente qualificado, com produção intelectual de relevância nacional e atuação nas principais comunidades científicas do Brasil. A formação e produção intelectual dos docentes integra saberes do campo da educação aos saberes das ciências da natureza. Os docentes e discentes do programa estão regularmente envolvidos com atividades junto aos cursos de licenciatura, oferecendo bolsas de iniciação científica, orientando trabalhos de conclusão de curso e bolsas de iniciação à docência, ministrando disciplinas de estágio supervisionado. Além disso, os laboratórios especializados do programa realizam projetos de extensão e divulgação científica articulando a formação em pós-graduação, graduação e educação básica.