O PPG Educação em Ciências (UnB) está organizado nas seguintes linhas de pesquisa: 

Educação Científica e Cidadania

Estudos e investigações sobre educação científica e cidadania envolvendo: fins da educação científica e tecnológica; educação científica com foco em Ciência-Tecnologia-Sociedade; educação científica fora do contexto escolar; temas e questões sociocientíficas na educação científica; educação ambiental no ensino de ciências no contexto escolar; e relação dos sujeitos do aprendizado com o conhecimento científico e visões sobre ciência.

  1. Educação Ambiental. Educação ambiental dialógica e emancipatória. Educação ambiental em contextos formais e não formais. Concepções de ambiente, natureza e cultura. Educação ambiental: tempos e espaços de vida e formação. Educação ambiental e educomunicação. Sustentabilidade em espaços educadores.
  2. Letramento Científico, Educação CTS, Estudos de Questões Sociocientíficas. Objetivos e princípios de processos de letramento/alfabetização científica no contexto do ensino de Ciências. Educação Ciência-Tecnologia-Sociedade (CTS) no ensino de Ciências. Interações discursivas e processos argumentativos na discussão de temas e questões sociocientíficas em aulas de Ciências.
  3. Lúdico no Ensino de Ciências. Jogos e atividades lúdicas no ensino de Ciências, avaliação da aprendizagem por meio do lúdico, jogos no contexto da educação ambiental e da química forense.

Formação de Professores de Ciências

Investigações sobre a formação e a prática docente de ensino de Ciências, no que se refere à natureza dos processos educacionais, considerando o saber docente em sua característica plural, analisando suas múltiplas interfaces e os diversos fatores que possibilitam o aprimoramento profissional, com vistas à proposição de ações que melhorem o ensino de Ciências.

  1. Conhecimento Científico em Química e Processos Pedagógicos na Formação de Professores. Evolução histórico-filosófica de conceitos científicos em Química e sua relação com processos pedagógicos. Relação entre os modos de ensinar e a natureza do conhecimento científico em Química. Relação entre modos de divulgação da ciência, natureza do conhecimento científico em Química e processos pedagógicos.
  2. Ensino de Ciências e Inclusão. Formação docente e inclusão. Abordagens e estratégias para o ensino de Ciências a alunos com deficiência, com foco principal na cegueira e na surdez.
  3. Narrativas, Cultura e Saberes na Formação de Professores. Narrativas autobiográficas na formação inicial e continuada de professores de ciências; ciência e cultura na formação de professores de ciências; o saber da experiência na formação e prática docentes.
  4. Profissão Professor e Avaliação no Ensino de Ciências. Abordagens e estratégias para a formação inicial e continuada de professores. Formação Docente e Avaliação no Ensino de Ciências.
  5. Conhecimento sobre Ciência articulado aos Conhecimentos Docentes. Conhecimentos sobre Ciências e a Formação, continuada e inicial, de professores de Ciência. O desenvolvimento de conhecimentos docentes relacionado à natureza da ciência e/ou as práticas epistêmicas, principalmente argumentação e investigação, e suas relações com os conhecimentos pedagógicos de conteúdo. O papel do professor no ensino de Ciências envolvendo Natureza da Ciência e/ou as práticas epistêmicas. Abordagens e estratégias para o ensino de, e sobre, Natureza da Ciência e/ou as práticas epistêmicas.
  6. Formação Inicial e Continuada de Professores de Ciências da Natureza. Formação inicial e continuada de professores de Ciências da Natureza, ensino em espaços formais e não formais de aprendizagem de Ciências, metodologiasde ensino e aspectos histórico-epistemológicos associados ao ensino de ciências.

Desigualdades, Lutas e Políticas na Educação Científica

Perspectivas críticas e pós-críticas da Ciência e da Educação. Ciência e técnica como ideologia. História e Políticas de Currículo e Avaliação na Educação em Ciências. As relações entre Capital, Trabalho e Políticas Educacionais na Educação Científica. Questões de classe, gênero e raça na educação científica.

  1. Percursos profissionais de cientistas e professores de ciências. Crítica sociológica da ciência e da educação. Desigualdades sociais como condicionantes do ingresso, da permanência e da interrupção de carreiras científicas e tecnológicas. Questões de gênero, raça e classe na formação e atuação profissional de professores e cientistas. Proletarização e escassez de professores. Marginalidade da ciência na pós-modernidade. Análises à escala estrutural e individual das histórias de vida de professores de ciências e demais profissionais de C&T.
  2. Filosofia, Políticas Educacionais e Educação em Ciências. Fundamentos filosóficos, epistemológicos e políticos da/na Educação em Ciências. Trabalho, Estado, Política e Educação em Ciências. História, análise e avaliação de Políticas Públicas na/para a Educação em Ciências na Educação Básica. Políticas, documentos e reformas curriculares no Ensino de Ciências e Biologia. Políticas de Formação de Professores. Relações e condições de trabalho docente. Relações entre público e privado nasPolíticas Educacionais. Políticas e Desigualdades Sociais e Educacionais.
  3. Formação em educação CTS(A), cultura e contextos marginalizados. Perspectivas críticas de bases sociológicas, filosóficas e epistemológicas para o Ensino de Ciências. Pensamento crítico latino-americano como base de uma agenda formativa vinculada à realidade concreta latino-americana, com sua constituição histórica, lutas e contradições. Filosofia e Sociologia da Tecnologia. Questões Sociocientíficas e educação CTS(A). Experiência Formativa, Formação cultural e o agir comunicativo na formação docente e ensino de ciências na modernidade. Questões raciais e de classe no contexto do Ensino de Ciências. Ensino de ciências como lugar de análise, resistência e atuação sobre aspectos da sociedade de risco, de barbárie, de vulnerabilidades e de invisibilidades.
  4. História e Políticas de Currículo e Avaliação na Educação em Ciências. Currículo, História do Currículo e História da Educação e suas relações com a Educação em Ciências. História do presente e as políticas como fontes para escrita da História do Currículo e da Educação em Ciências. Políticas de Currículo e de Avaliação para/na Educação Básica e Formação de Professores. História das Disciplinas Escolares. Lutas sociais e seus reflexos sobre a Educação em Ciências focalizando temáticas, tais como: tradição, estabilidade e mudança curricular; questões de gênero, relações étnico-raciais e identidade; diferença e diversidade; conhecimento e poder. Abordagens pós-críticas no Currículo e na Educação em Ciências.